Sexta-feira, 6 de Junho de 2008

...

Se ao menos ouvisses o vento e o mar...

 

Entendiamo-nos mais

 

Não precisava de me calar

 

E já não oiço o que preciso

 

... pêndulo do fio frágil que é o teu sorriso**


solto por anacanela às 15:57
| comentar | favorito
5 comentários:
De Shadow a 9 de Junho de 2008 às 22:24
Talvez precises de um Sol para atingir o equilibrio...

O sorriso do Sol inspira-nos!!!


De Kita a 13 de Junho de 2008 às 00:56
Se por vezes quem nós quisessemos que nos compreendesse ouvisse o mar e as ondas, percebesse a praia e o horizonte como nós o sentimos!... Seria sim, a comunhão plena...

Gostei do teu pensamento. Por vezes é nas poucas palavras que está o maior sentimento...


De Perfeito Estranho a 13 de Junho de 2008 às 03:44
Grande parte das vezes e para minha infelicidade também as pessoas não se entendem apesar de falarem a mesma língua , não entram em concordância apesar de ouvirem o mesmo som , esse fio frágil é te importante...


De diana a 15 de Junho de 2008 às 19:46
É impressionante como em poucas palavras consegues dizer tudo.


De Sandro a 18 de Junho de 2008 às 16:07
Bom... muito bom!

Um beijo


Comentar post

.essência

A vida é uma mão cheia de areia ... a escorrer por entre os dedos do tempo, e no nosso espaço interior cria dunas de poesia

.últimos grãos

. mea culpa

. ao fundo

. ...

. aquilo que era único

. entre vistas

. ...

. Um Par Im

. cor

. Sem pena

. respirar

.pelo areal

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.subscrever feeds